• -

Armandinho no almoço do Natural.

Category : mídia

Sempre um prazer receber o amigo Armandinho no almoço do Natural do recreio , combinamos que no verão ele vai fazer um show acústico no novo (Natural Gastro Bar) , aguardem as novidades , vamos em frente , vem pro Natural , aloha !


  • -

Revista Veja – Gastronomia – Indicação Restaurante Natural do Recreio

Category : mídia

A Revista Veja nos enviou uma credencial de identificação, onde consta que o Restaurante Natural do Recreio é indicado da revista Veja Gastronomia.

Oba! Estamos muito feliz!

Dedicamos esta credencial à nossos clientes.


  • -

Vamos limpar a praia do Recreio dia 20 de Março.

Category : mídia

Juntos vamos limpar a praia do Recreio dos Bandeirantes.

Encontro marcado com amigos e moradores do bairro. É muito importante que todos compareçam, todos os esforços para limpar nossa linda praia e conscientizar outras pessoas de que devemos cuidar de nossa praia e nossa cidade.

Data: 20 de Março

Local: Quisque do Rico Point

Horário: 8:00 am

Estaremos lá!!

Aloha!
 


  • -

Na praia delas – GO NATURAL

Category : mídia

GO NATURAL

Depois do segundo dia de gravação, toda a equipe do NPD deu uma pausa para o almoço. Demos um pulinho no Restaurante Natural do Recreio, onde fomos muito bem recebidos pelo anfitrião Maurício Rajão, seus funcionários e um belo cardápio.
Para quem não conhece o restaurante, vale a pena conferir!
Um deck ao ar livre com buffet saudável a base de peixe, frango e soja.
É a melhor opção depois da praia! Recomendamos 100%!

http://napraiadelas.blogspot.com.br/2012/08/go-natural.html


  • -

Gata do ‘Caldeirão’ aposta em alimentos vivos e saudáveis

Category : mídia

Bruna Salvatori descobre prato preferido de Kelly Slater no Rio de Janeiro.

A coleguinha do Caldeirão do Huck, Bruna Salvatori, é adepta ao estilo “natureba” com muito orgulho. Focada em exercícios e alimentação regrada, a loira natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, circula pelo Rio de Janeiro em busca de locais para comer bem.

Para explicar o que considera comida boa, Bruna conversa com o amigo Maurício Mineiro, incetivador de alimentação natural na região. Além das dicas, a assistente de palco prepara um prato ideal para quem quer manter a boa forma.

Super curiosa, a gata ainda descobre que o famoso surfista Kelly Slater, também fã de alimentos naturais, adorou o tempero brasileiro. “O Kelly comeu muito arroz, feijão, soja e quase uma torta inteira de banana”, explica Maurício Mineiro ao relembrar visita do ídolo.

Ver a entrevista  aqui 


  • -

Conto de fadas nas ondas da Joaquina

Category : mídia

Depois de passar fome e pedir esmola, Fininho se destaca no Brasileiro

Aos 7 anos, o paraibano José Francisco Fininho parecia mais uma das tantas crianças sem oportunidade no país, com uma história que infelizmente é comum nas cidades grandes. Cansado de apanhar do pai, saiu de casa e foi morar nas ruas de João Pessoa, na Paraíba. Dormiu no chão, passou fome, pediu esmola.

De bem com a vida. Fininho realiza sonho e disputa o SuperSurf

Treze anos depois, Fininho realiza seu sonho, competindo entre os melhores surfistas do país. Ontem, ele conseguiu o melhor resultado de sua curta carreira até o momento, passando para a sexta fase da etapa do SuperSurf, que termina hoje na Praia da Joaquina, em Florianópolis.

— Uma vez, vi um campeonato do circuito brasileiro em Pernambuco e coloquei na cabeça que um dia chegaria lá, que participaria de um evento do SuperSurf. É um sonho que está sendo realizado — diz Fininho.

De sorriso fácil, o paraibano de 20 anos não se furta ao relembrar os problemas da infância sofrida:

— Saí de casa com meu irmão porque meu pai batia em nós e na minha mãe. Fomos para a rua e foi muito difícil. Não tinha onde dormir, não tinha o que comer. Pedia comida e dinheiro para as pessoas.

O destino de Fininho começou a mudar na noite em que conheceu, na porta de uma padaria, o surfista Valdir Silva. Além de ganhar uma sacola de pães, foi convidado a conhecer o bar de Valdir, na beira da praia de Intermares.

— Lá, conheci o surfe e comecei a pegar minhas primeiras ondas. O Valdir virou minha vida e se tornou meu pai e minha mãe — conta.

Após morar alguns anos no bar, Fininho conheceu o projeto carioca VivaSurf e foi morar no Rio. Hoje, em seu primeiro ano como profissional, treina no Recreio, Prainha ou Grumari, e sonha com uma vaga na elite mundial:

— O objetivo é o WCT. Mesmo que eu não seja campeão mundial, quero ao menos estar lá.

MEDINA NAS QUARTAS DO WCT

Atrelado ao sonho de se tornar um surfista profissional de sucesso, está outro objetivo na vida de Fininho: ajudar a família. Desde que saiu de João Pessoa, ele não manteve mais contato com os pais e irmãos, mas recebe notícias através de outros parentes:

— Estou longe agora, mas nunca vou me esquecer deles. Meu irmão, que morou na rua comigo, foi para o lado errado. Roubou, foi preso. Fico triste. Quero resgatar minha família, reunir todos. Meu sonho é ajudá-los.

Enquanto isso, em Trestles, na Califórnia, os brasileiros continuam fazendo bonito. Ontem, Adriano de Souza, Gabriel Medina, Filipe Toledo e Wiggolly Dantas passaram às quartas de final da oitava etapa do Mundial de Surfe.

http://oglobodigital.oglobo.globo.com/epaper/viewer.aspx?noredirect=true


  • -

Alimentação – Bom é viver Naturalmente…

Category : mídia

Autor: Ricosurf
Data da publicação: 14/08/2012 – 00:02h

Sempre fui fã dos cronistas mais famosos do jornalismo brasileiro, em especial Zuenir Ventura, com seu texto direto e muito rico em vocabulário. Na crônica surfística sempre leio os textos do Julio Adler que procura um caminho diferente das regras tradicionais jornalísticas.

O tipo mais clássico de crônica carioca procura na maioria das vezes traduzir um pouco da alma da cidade, que tem fortes traços boêmios em sua personalidade.

Falar dos butecos, dos tradicionais restaurantes, dos bolinhos de bacalhau do subúrbio é combustível riquíssimo para os artistas do texto como Veríssimo, João Ubaldo, Rui Castro entre outros que conseguem nos levar para um lugar aonde só um bom texto nos leva.

Ler tudo aqui no Rico Surf


  • -

Rolé na Barra

Category : mídia

Com um buffet natural a base de peixe, frango, soja, saladas, frutas e itens integrais, atende bem aos amantes do esporte e de uma alimentação mais saudável. Ainda sim, tem um “Q” de comidinha caseira que atrai famílias e moradores da região. Sempre que vou a praia pelo recreio, costumo almoçar lá.

Leia mais: http://www.rolenabarra.com.br/recreio-dos-bandeirantes/gastronomia/natural-do-recreio/


  • -

Dica dos Cariocas

Category : mídia

Para quem curte uma alimentação saudável, o Natural do Recreio é uma ótima alternativa.
Com um cardápio simples e bem variado, tornou-se ponto de encontro de surfistas, atletas e amantes da gastronomia saudável.

Mesas ao ar livre, dispostas em um deck de madeira dão o ar descontraído do local. Pra quem sai direto da praia existem chuveiros onde se pode tirar o sal antes de comer.

Dizem que carioca não trabalha……trabalham e trabalham muito.Pra aliviar o stress do trabalho existem também espreguiçadeiras, estilo balinês, onde se pode relaxar antes ou depois da refeição.

  • -

Guia da Semana

Category : mídia

Com deck ao ar livre, o restaurante Natural do Recreio traz o estilo slow food, no qual o alimento é apreciado sem pressa.

No cardápio, o cliente encontra opções de frango, saladas, peixes, massas, risotos, tortas, além de diversas receitas à base de soja. Alguns dos pratos são o medalhão de frango com peru defumado, a lasanha de berinjela, a almôndega de peixe, a soja graúda com catupiry e a farofa de alho-poró e aipo.

Para finalizar, as sobremesas incluem torta de banana, manjar e sorvete de frutas.

http://www.guiadasemana.com.br/rio-de-janeiro/restaurantes/restaurante/natural-do-recreio


Pesquisar

UA-38958593-7